Oktoberfest de Fritz e Frida

Debi_IMAG3380

Tradição favorece público, lojistas e eventos

Por Débora Baldissera

A Oktoberfest de Blumenau atrai turistas do Brasil e do exterior, sendo considerada a segunda maior festa alemã do mundo – atrás apenas da Oktoberfest original, que começou em 1810, em Munique. Para curtir essa e outras festas alemãs de outubro, alguns visitantes gostam de usar trajes típicos germânicos, conhecidos como roupas de Fritz e Frida.

Antigamente, na Alemanha, cada cidade ou vilarejo tinha suas características, as quais incluíam diferentes roupas. Os trajes usados hoje em dia nas festas e desfiles diferem por levarem em consideração a história e seus significados, utilizando diferentes cores, tecidos, acessórios e modo de vestir.

Em Blumenau, a primeira Oktoberfest foi realizada em 1984 para animar a população e arrecadar fundos ao munícipio abalado pelas enchentes do ano anterior, e já a partir de 1988 reunia mais de 600 mil pessoas por edição. A cada ano conquistou públicos maiores até se tornar o sucesso que é hoje. Para incentivar o público da festa, em 2008 uma lei municipal garantiu livre acesso a eventos culturais festivos de origem germânica, quando realizado pela Prefeitura, a quem fosse trajado tipicamente de Fritz ou Frida. Devido ao aumento de não pagantes ao evento em 2012, a lei foi reformulada para a Oktoberfest de 2013.

A nova lei garante às pessoas vestidas em trajes típicos descontos no valor do ingresso. Nas quintas, sextas, sábados, feriados e vésperas de feriados, domingos os visitantes vestidos a caráter passam a pagar 50% do valor do ingresso. De domingo à quarta-feira, a gratuidade continua.

Para Helena Farias, que há dois anos trabalha com a loja Wahl Trajes Típicos em Blumenau, as vendas desse ano aumentaram. “Ano passado vendemos menos, acredito que por causa da mudança na lei, mas este ano atendemos pessoas de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e outros estados. Com as vendas online, muitos encomendam a roupa e dias antes da festa veem buscar”, conta a vendedora.

Já Odete, dona da Odete Trajes Típicos, trabalha há 20 anos comerciualizando roupas germânicas em Blumenau e diz não ter sentido diferença nas vendas dos trajes por causa da lei. “A cada ano crescem mais os pedidos. As pessoas gostam de ir trajadas à festa, a lei de desconto é benefício para elas. Trinta por cento da festa usa os trajes e o que vale é que sejam roupas as mais autênticas possíveis”, explica a costureira. Odete também comentou que durante o ano vende mais para grupos e bandas folclóricas e para as festas de outubro a produção aumenta. “Pessoas de longe compram, inclusive de outros países”, acrescenta.

A lei municipal contribui com a preservação da cultura típica alemã em Blumenau e as características do traje típico germânico são definidas pela Fundação de Exposições de Blumenau (Proeb) e pela Fundação Cultural de Blumenau (FCB). A festa mais alemã das Américas busca a manutenção das tradições e consegue mantê-las mesmo que os trajes de Fritz ou Frida custem desde 100 reais nos mais simples e chegam a ultrapassar 300 reais nos mais completos.

Debi_IMAG3387

Características que configuram o traje típico germânico

O traje masculino, Fritz, tem itens opcionais como o chapéu e o colete; este último, quando usado deve ser do mesmo tecido e cor da bermuda. A camisa deve ser de tecido, manga curta ou comprida, com colarinho, xadrez ou lisa em tons claros. A bermuda deve ser até o joelho ou calça longa. O suspensório pode ser de couro ou embutido, desde que sejam do mesmo tecido e cores da bermuda. As meias ou polainas devem ser vestidas até a altura do joelho, e o calçado pode ser sapatos ou botinas fechados nas cores marrom ou preto.

Já o traje feminino, Frida, tem como itens opcionais as tiaras floridas, o avental e o colete, que devem ter a mesma cor ou de tons parecidos do traje completo. A blusa deve ser em cor clara ou xadrez, com mangas bufantes e sem deixar o ventre à mostra. Os vestidos típicos ou saias devem ter detalhes em renda ou bordado e serem longos ou até a altura do joelho. As meias ou polainas são opcionais, mas se usadas deve ir até o joelho. O calçado pode ser sapatos ou sapatilhas fechadas.

Descaracterizam o traje o uso de tênis, camiseta de malha, camisa polo, calça ou bermuda jeans, saia ou vestido acima do joelho, calçados aberto, óculos escuro, bolsas grandes, sandálias, calçados estampados, botas, sneakers, meia de futebol e suspensórios com prendedores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s