Das salas de aula aos palcos

A trajetória de WMarcão

Deb_Marcao-3

Por Débora C. Baldissera

Marcos Willerding, depois de 18 anos ensinando matemática, deixou a profissão para ser ator e comediante. “Ele sempre teve essa capacidade de entreter a todos, divertir, onde ele passa faz todos rirem”, conta Silvio Sato, amigo do artista e professor do colégio Energia de Florianópolis, onde WMarcão, como é conhecido, lecionava. A letra W no começo de seu nome artístico se deve ao seu sobrenome alemão de difícil pronúncia. O apelido Marcão vem de seu tipo físico: alto, gordo e engraçado.

Nascido em Itajaí em 1970, morou no Rio de Janeiro e Florianópolis, cidades em que divide seus trabalhos. Em 2008, ainda dando aulas de matemática para ensino médio e pré-vestibular, resolveu fazer um curso de teatro na Fundação Catarinense de Cultura. Dois anos depois parou de dar aulas e mudou tudo para ser ator e comediante, profissionalizou-se como ator em 2011.

WMarcão subiu no palco em 2010 com seu primeiro solo, o stand-up comedy Um gordo NUiCRU. Ele, um banquinho, um microfone e uma garrafa de água. Uma hora e vinte minutos compartilhando histórias e fazendo o público rir. Hoje, com 44 anos, está escalado para fazer um longa metragem em que seu personagem é um presidiário. “Muito distante da minha zona de conforto que é a comédia. Sempre que posso escolher ou que me é dada a oportunidade de fazer drama eu prefiro”, conta o ator. Além disso, tem o espetáculo Show Ducasseti – Risos com Clave, que faz com Daniel Correa, em que juntam humor e música, e se apresenta em peças como UZ, com a Cia de Teatro La Vaca, que esteve recentemente no Uruguai. Outras peças que participa são D.R. (Discussão de Relação), com Milena Moraes, As Felicianas com Renato Turnes, Malcon Bauer e Igor Lima, e a comédia O OVO com Alexandre Vollu. Também apresenta seus solos de stand-up Um gordo NUiCRU e Pelo buraco da fechadura.

Deb_Marcao-2

WMarcão já se apresentou também em Curitiba e São Paulo, foi um dos finalistas do primeiro campeonato de Stand Up Comedy Nacional promovido pelo Festival de Humor Risadaria, já esteve no Domingão do Faustão representando o mesmo festival. (Veja vídeo) Já atuou em curtas e longas-metragens e participou da série Como aproveitar o fim do mundo, da Rede Globo, a qual foi indicada ao Emmy Internacional na categoria melhor comédia em 2013.

Sobre a oportunidade de participar de uma série na Rede Globo, Marcos se empolga em contar a experiência de trabalhar no Projac, com atores como Danton Mello, Alinne Moraes e Nelson Freitas. Empolgado conta: “Foi fascinante porque aquilo é uma imensa fábrica dos sonhos de qualquer ator”.

Além de estar nos palcos, Marcão oferece a oficina O Professor Potencializado, em que ministra aulas para ajudar professores na utilização do olhar, voz e corpo, usando técnicas de atuação sem precisarem fazer um curso completo de teatro. “No período entre 2008 e 2010 fiquei fazendo teatro e dando aula, e percebi que a qualidade das minhas aulas aumentou muito, pois usava as técnicas de atuação diante dos alunos. Conversando com amigos que são professores, percebi que existe uma carência de oficinas no mercado nessa área”, explica o ator.

E se o teatro fez diferença nas salas de aula para o professor Marcão, os alunos podem confirmar. “Ele era super atencioso, sabia a dificuldade de cada um. Até ter aula com ele eu não gostava de matemática, mas ele foi mostrando que era possível e, hoje, além de cursar direito no Cesusc, faço economia na Udesc”, expõe Jéssica Gregoli, que foi sua aluna no primeiro ano do ensino médio em 2008.  Vilmar Michereff Junior, servidor da UFSC formado em Administração, teve aula com WMarcão no Pré-vestibular da UFSC em 2008 e afirma: “Era muito divertido ter aula com ele. Tem piadas dele que me lembro até hoje. As aulas eram divertidas e com muito conteúdo. Um dos melhores professores”.

A coragem para mudar tudo em sua vida é admirada por todos: amigos, ex-alunos e família.“Acho ele muito corajoso. Substituir uma coisa que já era ‘estável’, para seguir um sonho e o que realmente o faz feliz, tem que ter coragem. Acredito que a esposa, mãe da ‘Biassaura’, deve ter sido essencial para ele poder largar tudo e começar do zero”,  fala Jessica Gregoli, ex-aluna de Marcão. E ele confirma o apoio da esposa e familiares: “Minha esposa sempre esteve ao meu lado nessa decisão e aposta em minha carreira. Sem dúvida isso ajuda muito. Meus pais logo quando decidi que não daria mais aula ficaram apreensivos, mas logo depois entenderam que essa seria minha vida dali em diante. Eles sempre estão comigo”.

Silvio Sato conta que já assistiu vários espetáculos do amigo, desde o início da carreira, e que no início além do divertimento era também um incentivo pela insegurança inicial. “No início achamos ousadia ele abandonar a sala de aula para se dedicar à comédia, iniciando com aquela onda de Stand Up Comedy, pois víamos que era algo passageiro e a educação seria uma garantia. Mas mesmo assim demos forças a ele, lamentando que ‘perderíamos’ esse comediante particular nosso, da sala dos professores, diariamente”.

Sobre o cenário catarinense da comédia, Marcão diz não conhecer muito os trabalhos fora de Florianópolis no estado, mas vê ótimos profissionais e entende que a comédia sempre teve e sempre terá portas abertas em qualquer época. “O público é implacável, então se você tem qualidade no seu trabalho, você vai adiante, independente de onde esteja”.

WMarcão decidiu seguir seu sonho e vocação, e tem facilidade para divertir quem está por perto. Abandonou a calculadora e assumiu o microfone. Simpático, compartilha suas histórias e experiências, seja nos palcos ou nas redes sociais. Com seus quase 3 mil amigos no facebook publica as proezas de sua filha “Biassaura” entre as fotos de seus trabalhos. Cheio de idéias e projetos para o futuro, o comediante não vai parar tão cedo. “Acredito que ser artista é isso, não parar nunca. Tenho certeza que nunca irei me aposentar. Minha cabeça não para”.

Deb_Marcao-4

WMarcão e a Biassaura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s