Princesa por uma noite

O sonho das debutantes dura 4 horas e pode ultrapassar 20 mil reais

Ana Fer-1

Por Ana Carolina Fernandes

As portas do salão se abriram e derepente uma Mercedes prateada invadiu o ambiente. O espaço bem iluminado e “clean” contrastava com a decoração amarela e roxo escolhida pela aniversariante. O lustre imponente no centro do salão principal levava o olhar para a escadaria em forma de hélice, que teria um papel importante durante a comemoração. Sua função era servir de palco para a aparição mais importante: a debutante. Assim como foi feito tantas vezes antes nos castelos europeus, quando as famílias nobres realizam um grande baile para a sociedade, a fim de mostrar que sua filha havia se tornado uma mulher.

”É uma data especial para toda menina, então tinha que ser marcante. Eu não sabia se queria viajar ou fazer festa, mas  com medo de me arrepender se não a fizesse, então decidi fazer”, afirma Isabella Carvalho, a personagem da festa aqui narrada.

A origem a palavra debutante é francesa, début, que significa estreia, começo. A estrela de três pontas, da empresa de veículos comercias mais antiga do mundo, deu início à festa de Isabella. A estudante desceu sorridente do automóvel usando o seu primeiro vestido da noite. Era roxo, composto por um corselet de renda com muitos strass e saia de tule, com direito a luvas e coroa de “flores” de prata.

Ana Fer-2

Os fotógrafos que impediam, por vezes, que os convidados vissem a aniversariante, se movimentavam freneticamente atrás da melhor foto. Chamavam a menina a todo instante e exigiam dela sorrisos e poses predefinidas.

Sabrina Braga, fotógrafa da equipe Kayan Freitas Fotografia, de Florianópolis, revela que as meninas procuram inovar quando o assunto é a fotografia. “Elas estão querendo ousar mais na sessão pré 15 anos. Uma delas disse que queria sair do comum, não queria praia e que ao final da sessão de fotos, jogaríamos tinta nela”, alega.

Mas Giovani Lorenzen, outro fotógrafo da região, afirma que os pedidos são tradicionais. “As meninas querem a festa dos sonhos, mas a tendência é fazer a festa de 15 anos semelhante a um casamento. Podem gastar de R$ 2.000,00 a R$ 80.000,00 com o serviço de fotografia”, assegura. O que Lorenzen talvez não saiba é que a grande maioria dos profissionais de Florianópolis só atende a casamentos, deixando a festa de 15 como uma outra opção. Talvez por isso o 15° aniversário das meninas da Ilha seja tão parecido com um casamento.

A mesa do bolo e dos doces são os pontos mais visitados do salão, com direito a “guarda costas”. Uma das cerimonialistas fica incumbida de fazer a proteção dessas “tentações”. Yasmin Rodrigues afirma ser necessário esta segurança. “A mesa dos doces é muito visada, todo mundo quer ver o que terá de sobremesa. Cada doceira traz uma novidade, tendência. Mas tem gente que não aguenta e sempre pega. A mesa fica feia, as vezes a aniversariante nem viu ela feita. Tem que cuidar”.

Os doces podem variar de R$ 0,60 a R$ 2,00 a unidade. São consumidos em média quatro docinhos por pessoa, como sobremesa. A festa de Isabella tinha mais de 250 pessoas. Mas ainda há outros gastos envolvidos com os doces. “Monto a mesa, levo o suporte para colocar os doces e os organizo, cobro de R$ 150,00 a 350,00”, revela Joice Farias do Atelier de Doces.

Sem dar muita atenção aos convidados, a menina ouvia atenciosamente a sua “fada madrinha”, a outra cerimonialista que a acompanhava e lhe dava as instruções da noite. Carla Nascimento, da empresa Click Noivos, cobra de 1.500 a 4 mil reais pela ajuda à debutante. “As meninas chegam a escolher três vestidos para uma noite só, muitas escolhem uma decoração temática para deixar o ambiente ainda mais com o seu estilo e personalidade. Tem que ter muitas fotos, para registrar todos os detalhes escolhidos durante o longo período de preparação da festa”, relata.

Ana Fer-3

Enquanto a aniversariante posava para as câmeras profissionais, os convidados se deliciavam elaborando todas as suas caretas a frente de uma máquina de fotos instantânea de três disparos. “É super tendência”, alega Carla.

Com o serviço volante de comida, os garçons traziam versões reduzidas de salgados e pratos quentes. Eram os fingers foods, que em tradução literal são as “comidas para comer com as mãos”, trazendo mais praticidade e jovialidade aos eventos. “As festas de 15 anos têm a tendência de pedir pratos rápidos. Mini risotos, mini penne, crepes, e assim vai”, confirma Jaison, responsável pelo buffet Pedrinho e Filhos.  Mas para alguns convidados, geralmente os mais velhos, aquilo era só petisco. Esperavam ansiosamente o prato principal. Tendo em vista isto, a mãe da debutante programou que porções maiores fossem servidas.

De repente a cerimonialista pede atenção. Todos se calam e se voltam para a escada, não sem antes preparar seus celulares e maquinas fotográficas. Com elas devidamente apontadas, começa a decida da aniversariante, usando o seu segundo vestido, dourado. A troca do vestido, segundo a ​cerimonialista Malise Kroth, marca a nova fase da menina. “Agora ela é uma jovem mulher, que deve tirar seus antigos trajes infantis para vestir-se como uma mulher”, afirma.

E ao som da sua cantora preferida, Beyoncé, ela é recebida pelos seus pais emocionados no final do trajeto. As homenagens começam, os grupos de garotas se aglomeram em cima da debutante e logo falam sobre os momentos e piadas internas, que o resto dos convidados nem se atrevem a tentar desvendar. Riem nervosamente por estarem na frente de todos. Longos abraços, vídeos, presentes e lágrimas.

O pai, o avó, o primo dançam a valsa. Mas o momento esperado é que o príncipe apareça e dance com a aniversariante. E foi o que aconteceu, um rapaz alto e forte devidamente trajado, usando até luvas, sorriu e começou a conduzir a menina. O vestido dourado esvoaçante fazia belos movimentos circulares que pareciam fazer a garota flutuar na dança.

Mas logo após essa cena de desenho animado desaparece, com o rompante de bartenders e dançarinos no meio da pista. A menina desaparece por instantes e volta com o terceiro vestido, roxo e curto. Ela é carregada por alguns e enquanto outros “fazem fogo” com uma espécie de maçarico. Eles são recreadores para o público juvenil. E adulto também. São em média duas horas de animação, com entrada personalizada, “valsa maluca”, bar e pirofagia.

“A princípio as meninas pedem os rapazes de mais porte e beleza, mas independente disto a alegria faz toda a diferença. O grande lance do momento são entradas personalizadas e saber a hora certa de invadir a pista. O pedido mais louco foi de um pai de aniversariante que pediu que eu retirasse a roupa de trabalho e viesse curtir a festa como convidado, pois queria me apresentar a irmã mais velha da aniversariante”, lembra Eduardo Aguiar, bartender da equipe Justin Kuse.

Os bartenders puxaram todos os convidados para a pista de dança, distribuindo bebidas sem álcool, máscaras e acessórios piscantes ao som de Starships da cantora norte-americana Nicki Minaj.

O Dj Kapilehh ressalta que a contratação de profissionais de som está sendo, muitas vezes, negligenciada. “Apesar de já existirem Djs prestando o serviço há alguns anos, o mercado regrediu muito. Hoje em dia qualquer adolescente se torna um Dj “profissional”, basta comprar um notebook (desses de 14 vezes sem juros mesmo), instalar um software para baixar as músicas dos vídeos do Youtube. Isto faz com que o mercado volte a enxergar o Dj como um marginal”, alerta Kapilehh.

O sonho da debutante durou mais duas horas. E 20 mil reais. Os fotógrafos foram embora, assim como os bartenders. Agora quem animava a festa eram os familiares da menina, com passos de dança coreografados ao som do “Charme”, músicas negras dos anos 80 e 90 que incorporam o estilo soul e funk norte-americano. As cerimonialistas descolaram dela e da mesa de doces. Que por sinal, esvaziou em menos de meia hora, sobrando só os papéis que abrigavam os esculturais docinhos.

“Amei a festa, queria ter tirado mais fotos e dançado mais, porém infelizmente passa muito rápido”, afirma Isabela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s