“Meu sonho era ser repórter de futebol numa revista tipo a Placar. Ainda bem que não deu certo”

Fernanda S_ZéDassilva

Fernanda Struecker

Ele entrou no curso de Jjornalismo para ser repórter esportivo e, na época, não gostava da ideia de trabalhar com TV ou desenho. Ele é Zé Dassilva, chargista do Diário Catarinense há 16 anos e autor-redator da TV Globo. Zé começou a rabiscar e desenhar com cinco anos de idade; aos 17 começou a estudar Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e, com 20 anos, quando recebeu o diploma, já mudava de ideia sobre trabalhar com desenho: sua primeira charge havia sido publicada no jornal O Estado. Além da graduação em Jornalismo, Zé Dassilva se mudou para o Rio de Janeiro para fazer pós-graduação em cinema-documentário, na Fundação Getúlio Vargas.

Depois de muitos desenhos feitos para jornais de bairro e para panfletos publicitários, aos 24 anos, Zé Dassilva foi contratado pelo Diário Catarinense. Ainda que trabalhe para um jornal de alcance estadual e com linha editorial definida, o chargista conta que jamais foi pedido que ele fizesse algo contra ou a favor de alguém. “Claro que já cometi exageros que, conversando com meus editores, repensei e mudei, deixando de publicar e fazendo outra charge. Não sou do tipo teimoso, apaixonado pela ideia. Gosto de debater com os editores antes e depois de fazer a charge para ver o que eles acham. Se existe uma linha editorial, ela deve ser seguida, por exemplo: o Diário Catarinense é um jornal estadual e, por isso, é claro que os temas do Estado têm que estar preferencialmente retratados na charge, e é isso que eu busco fazer.”

A carreira na televisão não demorou a começar: no ano 2000 Zé Dassilva foi aprovado em uma seleção na TV Globo. Escreveu para séries de bastante sucesso, primeiro “Casseta & Planeta”, depois “Sai de Baixo”, “Sob Nova Direção”, “Aline”, “Caras de Pau”, “Didi” e várias outras. Participou também de duas temporadas de “Malhação” e foi chefe de roteiro nos programas “Linha Direta” e “Globo Ciência”. Atualmente, o jornalista integra o grupo de roteiristas de Aguinaldo Silva na novela “Império”, transmitida no horário nobre da emissora. “O investimento nessa carreira tem que ser constante, buscando aprimorar a técnica e o estilo, o olhar e a narrativa, tudo isso – é um processo que, depois que alguém começa, não consegue parar, afinal escrever é algo que influencia a ótica de vida da pessoa.”

Zé Dassilva trabalha em diversas áreas diferentes, mas encontrou recentemente um novo segmento para explorar: o cinema. Seu primeiro filme “Se a vida começasse agora” vai ser gravado em 2015,  uma história que se passa no Rock in Rio. O chargista planeja ainda trabalhar com desenho animado, mas explica que tem que ser uma coisa de cada vez.

Para um jornalista que trabalha com tantas mídias, não poderiam faltar os livros: Zé Dassilva já lançou dez. O livro oficial dos cem anos da seleção brasileira, da editora Toriba, é sua publicação mais recente. Foi lançado em 2014 e é seu terceiro livro sobre futebol – assunto que mais aborda em seus livros. “Riscando o ano” também tem destaque, pois é sua única obra que contém apenas desenhos. Foi lançado em 2013 e é uma coletânea de suas charges publicadas em 2012.

Questionado sobre o retorno do público em suas charges e os assuntos polêmicos presentes nas suas publicações, o jornalista brinca: “Tudo que me cita, me excita. Se a charge gerar comentários a favor ou contra, ótimo. Triste é se ninguém comentasse.” Zé Dassilva também conta que a internet contribui com seus trabalhos, que ganham uma circulação maior. Para conseguir criar coisas diferentes diariamente, o jornalista possui suas inspirações. “Na charge e no cartum: Angeli, Laerte, Millôr, Ann Telnaes, Mike Ramirez, Aragonés. No jornalismo: Ruy Castro, João Saldanha, Sandro Moreyra, Norman Mailer. Na ficção: Balzac, Nelson Rodrigues, Stanislaw Ponte Preta, Tolstói, Lima Barreto.” Ele finaliza brincando: tá bom, né? Quem ler isso não vai procurar no Google todos os nomes, mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s